quarta-feira, 10 de julho de 2013

Laços de amizade – Dez dicas valiosas:


Laços de amizade – Dez dicas valiosas:

1-Amigos com ideais do bem-fazer nos levam por veredas tranquilas, rumo à boaventurança. Amigos com ideais do malfazer nos desviam por veredas tortuosas, rumo ás desventuras. Esteja, pois, sempre com os primeiros!

2-Ao abrir polêmica com amigos, e sentir os nervos em alta-voltagem, controle a tensão e evite ofender. Lançar palavras de alta-amperagem pode gerar um incontrolável curto-circuito...

3-Paz, amor, felicidade? Há duas diretrizes para você alcançá-los: manter um entendimento largo com os amigos, e outro estreito com o Absoluto!

4-Ao negociar com certos “amigos” seja perspicaz. Analise-os e não invista sem o selo irrompível da confiança. Cuidado, ou eles ficam com os lucros e você com os prejuízos...

5-Naqueles momentos angustiantes, ante a sensação do nada, de mergulharmos num grande vazio, a presença de amigos é uma boia firme em mar aberto para nos trazer à tona e nos dar ar, força, alento, conforto.

6-Velhos amigos partem, novos amigos chegam... É como a noite que vem, cumpre sua jornada e logo uma nova alvorada surge. Assim é a vida, no seu ciclo infinito!

7-Ao pensar naqueles que são amigos de todos, e não são seus amigos, não os prejulgue. De repente não há nada errado com eles, e sim com você...

8-Dentre os seus amigos, jamais discrimine algum; apenas dê prioridade àquele que o ajuda a fazê-lo uma pessoa melhor.

9-No nosso dia a dia vivemos cercados por um universo de amigos, alguns verdadeiros e leais, outros falsos e desleais. É necessário, vez por outra, fazermos uma garimpagem na bateia da qualidade afim de selecionarmos os diamantes entre os seixos.


10-Mantenha distância do amigo aparentemente agressivo; redobre a distância do inimigo aparentemente tranquilo...

Inácio Dantas
Do livro “Construindo laços de amizade”
www.vozes.com.br

3 comentários:

Eneida Freire disse...

Serviram muito a mim! :)

Cheferson Amaro disse...

Creio que o melhor objetivo de se ter amizades é promover o bem estar mútuo entre eu e os amigos, visando unicamente a troca de grandes aprendizados e experiencias de vida, onde o amor incondicional é a verdadeira condição, numa amizade jamais se cobra nada do outro e sim se é feliz com os amigos e conosco mesmo.

Grande abraço,
Cheferson Amaro
http://www.blog.felicidadegeral.net

Inácio Dantas disse...

Olá Cheferson, grato pelo seu comentário. Vc tem toda a razão, a amizade é uma sincronia entre um par ou um grupo de pessoas. As pessoas têm de ter liberdade, "democracia" na amizade e uma reciprocidade de afeto, amor-amigo e sobretudo respeito. Grande abraço. Inácio Dantas