domingo, 15 de agosto de 2010

Liderança: Alguns desafios que todo líder deve enfrentar.


   Um bom funcionário com problemas particulares pode se transformar num mau funcionário. Ouça-o, cuide bem dele, ele lhe é valioso. Ou você vai se desfazer de uma pérola só porque ela não está brilhando?

      A carreira de líder é feita de muito trabalho e de uma densa carga de responsabilidade. Ela pode ser breve ou longa, de fracasso ou sucesso, a depender do comprometimento e do seu desenvolvimento do profissional - se ele está mais para o esforço ou mais para a platitude...
     Quem pretende se destacar na carreira não pode refrear seu ritmo nem subjugar seu currículo realizando trabalhos e comandos em níveis abaixo do seu potencial. É imperioso dar o melhor de si e buscar ser expoente. É dessa forma que se concreta os esteios e pavimenta-se a estrada das conquistas.
     Considerações: 

·         Motive seus funcionários a alcançar metas e objetivos. Prêmios, promoções, gratificações, etc, são formas de motivação. Funcionários motivados, produção ampliada. 


·         Considere seus fornecedores tão importantes quanto seus clientes. Trate-os bem, valorize-os, são parceiros valiosos. Clientes podem lhe dar lucro pelas vendas, fornecedores podem lhe dar lucro pelas compras.

·         Faça reuniões habituais com a Diretoria, encarregados, e estes com os subalternos. A filosofia de trabalho da alta cúpula deve estar sempre enfatizada, irradiando por todo o quadro funcional.

·         Incorpore-se aos objetivos estatutários da empresa (“missão”, objetivos, visão) que você faz parte. Engaje-se nas suas metas de crescimento e desenvolvimento e cresça e se desenvolva junto. Esteja comprometido com a empresa para ela estar comprometida com você.

·         Sua carreira pode ir de vento em popa, devagar como uma tartaruga, ou nem decolar. Em todas essas situações você é o piloto e tem o leme das decisões nas mãos. Pode decidir por melhores trajetos e seguir por eles ou pode ficar na estação, estagnado indefinidamente. Estude, treine, aperfeiçoe-se, escolha o melhor trajeto e siga firme e determinado.

·         Você é o líder que fará “acontecer”, que dará ao mercado o que o mercado não tem mas necessita ter: boa marca, bons produtos, bons serviços. Sob a sua batuta, equipes desenvolverão bens e serviços que serão absorvidos pela demanda. Então aja, a hora é agora, enquanto a ideia está “fresca” e não há concorrência.

·         Há necessidade de mudanças na empresa? Implemente-as. Mudança de rumo ou direção dos negócios está afeito ao líder. Mudar quem ou o quê está ineficiente reduz custos e expande produtividade. Com isso, obtém-se melhor performance produtiva, melhorando a saúde financeira, sua e da empresa.

·         O líder deve, com responsabilidade, ater-se aos problemas graves da equipe e da empresa. Numa súbita emergência, e na falta de ideias próprias, ideias implementadas em outras empresas, com sucesso, podem servir de inspiração para resolver ou atenuar os seus problemas. Essas ideias podem ainda ser adaptadas e melhoradas, uma vez que cada empresa tem sua política interna e suas peculiaridades.

          Inácio Dantas

         Temas relacionados:

         Temas complementares ("Análise de Swot", Elasticidade de produtos, etc):

Um comentário:

Eneida disse...

Olá, vim retribuir a visita!
Obrigada pelas palavras de incentivo à minha superação de mim mesma!
Abraço!