domingo, 21 de março de 2010

Casal inseparável - Três segredos para um casal sagrar-se vencedor!




    1.Companheirismo: casal amigo, casal feliz!

   No exato instante em que você aceita alguém, e esse alguém o aceita para formar um casal, duas vidas fundem-se numa só massa corpórea. Daí em diante, portanto, você terá um companheiro e não mais estará só. As preocupações e as “dores de cabeça” serão duplas; em compensação, as alegrias e os prazeres, duplicados.
   E como é bom ter a companhia de quem nos ama!
   Companheirismo é isso, a convivência íntima, a camaradagem, a amizade, a solidariedade de um para o outro como se fosse para si mesmo.
   Ter o contato, e inalar o perfume da pessoa amada, ou ter a simples lembrança da silhueta, nos restitui energias, faz o nosso benquerer ascender aos céus. E isso é igual para todos que têm um coração apaixonado!
   Sentir-se amado, benquisto, saber que há alguém que ora por você e se preocupa com o desenrolar da sua vida, somente é possível quando se esquece o individualismo e se prioriza o companheirismo. Você, então, se sente uma estrela, a mais bela da constelação (família), e que está sempre a brilhar, forte, clara, intensa e duradoura!

>>

    2.Brigas. Quando o casal briga, é o amor que recebe o primeiro golpe!
    
   Quantos casais vivendo em brigas você viu triunfar?
   Sabe aquele slogan “briga-separa-volta”? Pois bem, a cada briga uma nova ferida se abre no amor. E assim, nessa roda-viva, o amor perde a vitalidade, a magia, o encantamento, e se transforma em ferida acesa, indefinidamente.
   Por outro lado, o respeito, a amistosidade, a confiança, são remédios que nutrem e fortalecem a relação íntima do casal, deixando sempre o amor saudável. Quando essas premissas são quebradas, abalam-se as relações e põe-se em risco a construção do futuro – e, junto, a consagração do triunfo da vida amorosa.
   Brigas são destruidoras de lar. Devem ser evitadas e cessadas. São venenos que contaminam o amor, adoecem a união e levam às raias da separação.
   Todo casal deve falar o idioma da amizade. Dúvidas, questionamentos, devem ser resolvidas às claras, com serenidade. Há que se buscar a conciliação, sempre, seja qual for o litígio.
   Uma existência triunfal com a pessoa amada constrói-se dia a dia, sem brigas e com muito amor, paz, carinho e compreensão.

>>

   3.Caminhando lado a lado

   Você encontrou um novo alguém? Decidiu, ao lado dele, abandonar o passado, dar nova diretriz ao seu futuro e novo alento ao seu viver?
  Então agora você já não está só. A vida, doravante, será um percurso feito a dois. Ombreados, passos no mesmo ritmo, seguirão juntos para construir um novo amanhã. Siga, pois, ao lado dele, na mesma toada. Não hesite nem se distraia com coisas vãs; cale-se aos alaridos estranhos que por ventura ecoar. Lembre-se, você tem ao lado uma companhia valiosa: a pessoa amada. Quer uma caminhada mais agradável do que essa? E, ante o peso do cansaço, sentir erguê-lo a mão amiga de quem o ama?
   Então siga. O universo será pequeno para a grandeza dos seus sonhos!
   Caminhe o seu caminho, dê a volta no planeta, mas faça-o sempre com regozijo no coração e com a presença inseparável de quem escolheu para ser sua cara-metade.
   Finalmente, ao dar seus milhões de passos, vencer os céus, terras e mares, você, envelhecido, chegará ao destino com ela ao seu lado, feliz, e com a grata certeza de que faria tudo outra vez!

   Inácio Dantas
   (do livro ® “Segredos para uma união vencedora”)

   Temas relacionados (Altoastral e bíblicos):

   Temas complementares (Trabalho):
  

Um comentário:

Rejane disse...

Gostei tanto do que li , que tomei a liberdade de levar comigo a um dos meus Blogs :"Eles e elas escreveram..." com os devidos crédito, claro! espero não ter cometido um erro , mas caso o tenha feito, me comunique visitando o meu BLOG , que eu retirarei ok?
FELIZ PÁSCOA!!
Um abraço